Saiba qual a diferença entre balanço patrimonial e balancete

Publicidade legal

Saiba o que é balanço patrimonial e balancete, e quais são as principais diferenças entre esses documentos para a gestão financeira.

A administração financeira de uma empresa é um dos segmentos fundamentais para a consolidação de um negócio, por isso, é imprescindível compreender o papel de cada documento.

Saiba mais: O que é balanço patrimonial.

O balanço patrimonial e o balancete são relatórios que demonstram o desempenho da empresa e, consequentemente, refletem nos próximos passos e nas tomadas de decisão, carregando informações financeiras importantes sobre o negócio.

Acompanhe de perto todos os detalhes sobre balanço e balancete:

O que é balanço patrimonial

O balanço patrimonial apresenta aos gestores a situação patrimonial do empreendimento dentro de um determinado período. Sua criação deve ocorrer de acordo com o conjunto de contas padronizadas segundo as NBC (Normas Brasileiras de Contabilidade).

Isso quer dizer que, na empresa, mesmo existindo um plano financeiro de contas adequado às necessidades gerenciais, a elaboração do balanço patrimonial deverá respeitar o que é pré-determinado pelo CFC (Conselho Federal de Contabilidade).

O balanço patrimonial pode ser classificado em:

  • Ativo: Quando abrange todas as contas de bens e direitos da entidade, como intangível (marcas e patentes), imobilizado (maquinário) e disponibilidade (recursos);
  • Passivo: Trata-se de todas as contas que se encaixam nas obrigações que a companhia tem perante terceiros, ou seja, salários, financiamentos e impostos a pagar;
  • Patrimônio líquido: Todas as contas que dizem respeito às obrigações que a companhia apresenta perante seus acionistas e proprietários, tais como reservas de lucro, capital social e provisões.

Saiba mais: Balanço patrimonial – Diferenciando ativo de passivo.  

O que é balancete

O balancete é um documento que contém todas as operações realizadas por um empreendimento dentro de um determinado momento, baseando-se em saldos de contas tiradas do livro Razão.

O principal objetivo do balancete é acompanhar as movimentações das contas, desde os movimentos de débito e crédito, os saldos anteriores, e saldos finais. Trata-se de um importante documento para fins gerenciais (sendo de uso interno).

Sua existência ajuda a visualizar a real situação da saúde financeira da instituição, já que possibilita saber qual o saldo financeiro de uma determinada conta naquele momento.

Nesse sentido, auxilia na revisão e correção de erros que podem ser facilmente encontrados na escrituração.

Além disso, o balancete tem um papel importante durante a elaboração do balanço patrimonial.

Diferenças entre balanço patrimonial e balancete

Ainda que possam ser confundidos, é possível encontrar algumas diferenças significativas entre o balanço patrimonial e o balancete, já que este pode apresentar uma alteração em valores.

O balanço patrimonial, por sua vez, é o relatório final, ou seja, não pode ter modificações em seus resultados.

Nesse sentido, o balancete pode ser feito durante todo o ano (se a empresa assim quiser), porém, o balanço patrimonial deve ser elaborado ao final de cada ano, para que possa atestar a real situação patrimonial da empresa.

Além disso, o balancete não é obrigatório a nenhuma instituição, já o balanço patrimonial é uma obrigação de toda empresa.

Publique balanço patrimonial no DOU por meio de publicidade legal

O Diário Serviços (DSI) auxilia seus clientes ao fornecer suporte durante todo o processo de publicação de balanço patrimonial no Diário Oficial da União (DOU), possibilitando a realização de publicidade legal pela internet.

Saiba mais sobre o DSI navegando pelo site, e veja como realizar publicidade legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *