Entenda o que é um edital de convocação

publicidade legal

Compreenda melhor a estrutura de um edital de convocação, e veja também como é feita sua publicação através de publicidade legal.

Alguns assuntos são de extrema relevância e, por isso, carecem da presença de todos os interessados e/ou envolvidos, para que assim possa haver as devidas deliberações a fim de chegar a um acordo final.

O edital de convocação surge como um mecanismo, feito por organizações, sindicatos ou outros órgãos, com a finalidade de reunir presencialmente figuras indispensáveis para tratar de determinados assuntos. Saiba mais aqui:

Componentes de um Edital de Convocação

No documento, constam informações relevantes, como o motivo principal da convocação, e a pauta com todos os assuntos que devem ser tratados na data e local marcado.

É recorrente que os editais sejam fixados publicamente, ou seja, publicados em jornais de grande circulação, como o Diário Oficial da União, através de agência de publicidade legal.

Através da publicação, os editais chegam a todos os envolvidos mais facilmente, principalmente quando se trata de convocações que envolvem grandes sindicatos, com muitos interessados a participar do evento.

Além da convocação para a resolução de problemas, um edital poderá conter outros assuntos, como, por exemplo, uma licitação de obras ou serviços, comunicar uma citação, uma exoneração, um contrato entre outros assuntos importantes.

Exemplo de Edital:

Um exemplo comum de edital é o de concurso público, em que constam todas as informações necessárias para que o candidato possa ficar ciente dos detalhes de tal concurso, como local de aplicação da prova, regras básicas, horário, e também toda a matéria e o estudo necessário para garantir uma aprovação em tal concurso.

Estrutura de um Edital de Convocação

O edital de convocação deve ser estruturado corretamente pois, no caso de ausência de alguma informação, poderá ter prejuízos quanto ao resultado esperado. Confira os principais pontos de um edital:

·         Preâmbulo

O preâmbulo é a parte inicial do edital, e conta com a parte preliminar da convocação. Ele funciona como uma breve apresentação, e deve conter informações básicas, como o nome do sindicado e seu CNPJ.

Também é utilizado para conferir os objetivos iniciais, tendo função similar de um prefácio.

·         Intenções de convocação

Toda a convocação é realizada com um intuito ou objetivo, sendo essa a finalidade do presente edital.

Em outras palavras, após o preâmbulo, é encontrado o motivo principal pelo qual se dispõe tal edital, juntamente com a data e o local onde será realizado o evento, além de horário e outras informações necessárias que justifiquem tal convocação.

É de suma importância que ao final conste a data em que o edital foi realizado, acompanhado da assinatura do responsável. O edital de convocação também precisa contar com as reivindicações, decisões sobre projetos futuros, deliberação sobre o patrimônio existente, entre outros.

·         Publicação de edital de convocação

Para elaborar e publicar seu edital de convocação, é possível contratar o serviço de uma agência de publicidade legal para facilitar os trâmites:

Publique Edital de Convocação com o auxílio do Diário Serviços (DSI)

O Diário Serviços é uma agência de publicidade legal e conta com time de profissionais especializados na realização de publicações nos veículos de comunicação oficiais, como Diário Oficial da União, dos Estados e dos Municípios.

Navegue pelo site para ter mais informações.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *