Agência de publicidade legal

A importância da estrutura de capital

Saiba o que é estrutura de capital e qual sua importância. Veja também como publicar ou acessar conteúdos no DOU por meio do portal Diário Serviços.

A estrutura de capital de uma empresa é um dos temas mais complexos da tomada de decisões financeiras, pois interage diretamente com diversas variáveis de decisão em finanças, como a possibilidade de aumentar a qualidade de um produto para vender e fazer cliente voltar, por exemplo.

Confira mais detalhes:

O que é a estrutura de capital

Estrutura de capital nada mais é que a combinação do capital próprio com um montante de recursos de terceiros, sendo ambos utilizados em uma determinada atividade a fim de financiar os ativos de uma empresa.

Assim sendo, com o passar do tempo, o montante envolvido sofre alterações mediante o aumento ou a diminuição da participação do capital, próprio ou de terceiros, dentro da estrutura da organização.

  •  Capital próprio

Capital próprio nada mais é que as ações ordinárias, ou seja, que dão direito ao voto, sendo composto tanto pelo capital social quanto pelos lucros retidos (basicamente o patrimônio líquido subtraindo as ações preferenciais).

  • Capital de terceiros

O capital de terceiros pode ser entendido como as dívidas (emissão de títulos e bancárias) e ações preferenciais (que apesar de ações, contam com comportamento bem mais parecido ao das dívidas, uma vez que é preciso entregar parte dos resultados a elas).

Importância da estrutura de capital para a empresa

A estrutura de capital de uma empresa exerce influência no custo de capital e também no seu valor, por isso é um tema de extrema importância.

Na tomada de decisões, atitudes ruins sobre a estrutura de capital podem significar um custo alto de capital da empresa, o que consequentemente leva a uma queda do Valor Presente Líquido (VPL) dos investimentos,

descredibilizando projetos de investimentos e diminuindo o valor da empresa no geral.

Entretanto, boas atitudes, definidas durante a tomada de decisões, acerca da estrutura de capital podem diminuir o custo de capital, levando a um maior Valor Presente Líquido e projetos mais viáveis.

Como consequência, quanto maior o número de projetos aceitáveis, maior o valor da empresa para seus acionistas.

Geralmente a empresa opta pela participação de terceiros em sua estrutura por se tratar de uma maneira mais “econômica” de dívida do que as linhas de crédito oferecidas em bancos de instituições financeiras, parecendo ser uma ótima alternativa para a organização.

Entretanto, quanto maior a suscetibilidade ao capital de terceiros, maior será a chance de riscos às operações, justamente por conta da instabilidade nesse tipo de participação, o que desvaloriza a vantagem de custos.

Existem outro risco intrínseco à estrutura de capital da empresa: a inadimplência.

Esse risco é uma consequência da quebra de confiança entre o vendedor e o comprador, sendo que o último deixou de cumprir com suas devidas obrigações.

Saiba mais: POR QUE O ORÇAMENTO DE CAPITAL É IMPORTANTE PARA AS EMPRESAS?

Comunique acionistas e colaboradores da empresa no DOU por meio do Diário Serviços

Pelo portal Diário Serviços é possível publicar materiais de interesse dos acionistas e outros colaboradores da organização nos veículos de comunicação legais, como Diário Oficial da União, dos Estados e dos Municípios.

Navegue pelo site e tire suas dúvidas sobre publicação no DOU.

Veja mais: Publicidade legal | O que é razoneteO que é balancete | Publicidade Legal | Obrigações acessórias | O que é razonete

Agência de publicidade legal

Veja a diferença entre o imposto cumulativo e o imposto não-cumulativo

Acompanhe as principais diferenças entre o imposto cumulativo e o imposto não-cumulativo, e como conferir publicações no DOU por meio do portal Diário Serviços.

No geral, existem duas espécies de tributos: os cumulativos e não cumulativos.

O tributo cumulativo não concede um crédito às empresas, sendo, dessa forma, um imposto em “cascata”.

Por outro lado, o imposto não cumulativo é do tipo que pode gerar um crédito para a empresa. Acompanhe mais informações:

Como identificar impostos cumulativos e não cumulativos

 Imposto cumulativo:

É aquele que se aplica em todos os procedimentos intermediários em processos de comercialização e/ou de produção de um determinado bem, inclusive sobre impostos e tributos já pagos anteriormente, da origem até seu consumidor final, influenciando diretamente na composição de seu valor e, consequentemente, na definição de seu preço de venda.

Isso quer dizer que a organização não terá direito a parcela do tributo pago no momento de adquirir uma mercadoria. Por esse motivo, esses tributos são conhecidos por “tributação em cascata”.

Principais tipos de impostos cumulativos. Pode haver vantagem?

Alguns exemplos de impostos cumulativos são:

  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);
  • PIS (Programa de Integração Social);
  • CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), modelo antigo.

É preciso ainda se atentar ao fato de que no PIS e na COFINS existe uma particularidade: O imposto é cumulativo para instituições de lucro presumido, mas não é cumulativo para as instituições do lucro real.

Por outro lado, há uma vantagem em relação ao PIS e à COFINS para as empresas: As que estão enquadradas no lucro presumido pagam alíquotas bem inferiores se comparadas com as do lucro real.

No geral, no lucro presumido, as alíquotas são de: 0,65% para o PIS e 3% para a COFINS.

Imposto não cumulativo:

Os impostos não cumulativos são aqueles que, nas etapas seguintes aos processos de produção e/ou de comercialização, não incidem sobre o tributo/imposto pago na etapa anterior.

Principais tipos de impostos não cumulativos

Alguns exemplos de impostos não cumulativos são:

  • IPI;
  • ICMS;
  • PIS (para empresas do lucro real);
  • COFINS (para empresas do lucro real); entre outros.

Diferenças entre impostos cumulativos e não cumulativos

Ao comparar impostos cumulativos com os não cumulativos é possível notar uma diferença significativa.

Ao considerar o exemplo de compras de R$ 600 e um total de R$ 4.000,00 em vendas, levando em consideração os tributos cumulativos e não cumulativos (apenas os citados anteriormente), chega-se ao seguinte resultado:

Empresa do lucro presumido: R$ 973,40

Empresa do lucro real: R$ 1266,50

Ou seja, no total a diferença é de R$ 293,10 em impostos a pagar, sendo que a explicação para isso está na alíquota.

Ainda que a empresa do lucro presumido não conte com crédito em dois tributos, por exemplo, as diferenças de alíquotas são acentuadas (4,6% de diferença em relação à COFINS e 1% de diferença em relação ao PIS).

Isso certamente causará impacto em toda a receita da empresa, já que o valor a quitar com o fisco será bem grande.

Realize publicações em veículos oficiais através do Diário Serviços

Por meio do Diário Serviços é possível publicar os materiais requisitados sobre a empresa no Diário Oficial da União, e também acompanhar novidades sobre os principais tipos de impostos e tributos pagos no país.

Navegue pelo site para obter maiores informações.

Veja mais: O que é um profissional liberal | O que é balancete | O que é BPO | Agencia de publicidade legal | Publicidade legal | O que é razonete | O que é balancete

Agência de publicidade legal

Evite as falhas mais comuns da gestão financeira

Veja quais são as falhas mais comuns da gestão financeira para então evita-las dentro da sua empresa. Saiba também como publicar balancetes e outros materiais de interesse no DOU por meio do Diário Serviços.

A gestão financeira dentro de uma empresa é crucial para que os negócios sejam bem sucedidos e garantam sua consolidação no mercado.

A gestão se debruça nos estudos das tomadas de decisões, visando as melhores opções. Saiba mais detalhes:

Continue lendo “Evite as falhas mais comuns da gestão financeira”

Agência de publicidade legal

Um excelente controle tributário fiscal para conquistar uma empresa de sucesso

Veja por que o controle tributário e fiscal é essencial para ter sucesso em seu empreendimento e como publicar conteúdos referentes à empresa por meio do Diário Serviços.

Um empreendimento, quando bem administrado por meio de um eficiente controle tributário e fiscal, consegue lidar com as maiores adversidades de forma segura.

Continue lendo “Um excelente controle tributário fiscal para conquistar uma empresa de sucesso”

Agência de publicidade legal

Qual a responsabilidade dos sócios em uma sociedade simples

Acompanhe as principais responsabilidades dos sócios em uma sociedade simples e como eles devem proceder para realizar publicidade legal pela internet.

De forma simplificada, as sociedades simples são organizações com a finalidade da prestação de serviços advindos de uma atividade cooperativa ou intelectual. Nesse sentido, não possui caráter empresarial.

Continue lendo “Qual a responsabilidade dos sócios em uma sociedade simples”

Lei que dispensa autenticação de documento em órgãos públicos é publicada no DOU

Lei que dispensa autenticação de documento em órgãos públicos é publicada no DOU

Entenda todos os detalhes sobre a nova Lei que dispensa autenticação de documento em órgãos públicos. Saiba também como acompanhar a publicidade legal do Diário Oficial da União.

A Lei 13.726, de 2018, sancionada e publicada no Diário Oficial da União, prevê o fim da obrigação de reconhecimento de firma, dispensando a autenticação de cópias, além da não exigência de certos documentos pessoais do cidadão que tiver que lidar com órgãos do Governo.

Continue lendo “Lei que dispensa autenticação de documento em órgãos públicos é publicada no DOU”

Agência de publicidade legal

O capital social em uma empresa individual ou limitada

Saiba como funciona o capital social em uma empresa individual ou limitada. Veja também como as empresas podem realizar publicidade legal pela internet.

O capital social nada mais é que o valor que os acionistas ou sócios designam para sua empresa no momento de fundação.

Trata-se da quantia bruta que é implementada, ou seja, o quanto é preciso para dar início às atividades de uma nova empresa, levando em consideração o tempo que demorará a gerar lucro suficiente para se sustentar.

Continue lendo “O capital social em uma empresa individual ou limitada”

A automação de contratos pode ser importante para a gestão empresarial

A automação de contratos pode ser importante para a gestão empresarial

Entenda a importância da automação de contratos para a gestão empresarial, e como realizar publicidade legal no Diário Oficial da União.

O uso de contratos é uma prática frequente para garantir o bom funcionamento de companhias de diversos portes e áreas de atividade.

Por outro lado, a gestão de contratos ainda é um tema recente no país, e as empresas estão cada vez mais interessadas em investir em melhorias nessa área.

Continue lendo “A automação de contratos pode ser importante para a gestão empresarial”

Diário Oficial publica lei que permite aluno faltar a provas por crença religiosa

Diário Oficial publica lei que permite aluno faltar a provas por crença religiosa

A nova Lei publicada na primeira sexta-feira de 2018 (dia 4) no Diário Oficial da União (DOU) altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que, agora, deverá passar a permitir aos alunos se ausentar da aula ou remarcar uma prova por motivos de impedimento religioso. A Lei foi sancionada pelo atual presidente Jair Bolsonaro, do PSL.

Segundo o texto assinado pelo presidente e pelo ministro da Justiça (e também ex-juiz federal) Sergio Moro, a Lei permite que estudantes de quaisquer níveis (seja infantil, fundamental, médio ou superior) tenham direitos a alternativas para aplicação de provas e também frequência a aulas, no caso de caírem no mesmo dia de uma guarda religiosa.

Continue lendo “Diário Oficial publica lei que permite aluno faltar a provas por crença religiosa”

publicidade legal

EI ou EIRELI: qual forma jurídica é a mais adequada para você

Saiba mais sobre EI e EIRELI e veja qual é a forma jurídica mais adequada para o seu caso. Confira também como realizar publicações no Diário Oficial da União através de publicidade legal.

Acertar na escolha da estrutura jurídica é crucial para o sucesso dos negócios. Nesse sentido, é preciso saber as características da EI e da EIRELI para saber qual a melhor opção.

Continue lendo “EI ou EIRELI: qual forma jurídica é a mais adequada para você”