Entenda a importância da gestão financeira para uma empresa

publicidade legal

Acompanhe as principais providências que uma empresa deve tomar em relação às suas finanças. Confira também como publicar no DOU através de agência de publicidade legal.

Primeiramente, é preciso entender melhor do que se trata a gestão financeira.

O que é Gestão Financeira e qual a sua Importância

Gestão financeira nada mais é que um conjunto de ações e procedimentos administrativos que englobam a análise, o planejamento e o controle das atividades financeiras da empresa.

O intuito principal da gestão financeira é melhorar os resultados apresentados pela instituição e aumentar o valor do patrimônio através da geração de lucro líquido vindo das atividades operacionais.

A correta gestão das finanças possibilita que se tenha plena noção da situação atual da empresa. Registros adequados permitem análises que colaboram com o planejamento para alavancar bons resultados.

Leia mais: Relatórios Financeiros e sua Importância para as Empresas

Principais funções da gestão financeira

Uma boa gestão financeira garante 5 vantagens para a empresa:

  • Melhor utilização dos recursos financeiros, ou seja, analisar e negociar a capitação de recursos financeiros necessários, assim como a aplicação dos recursos financeiros já disponíveis;
  • Análise e planejamento financeiro, ou seja, analisar os dados financeiros para planejar ações necessárias e obter melhorias;
  • Caixa: Realizar os pagamentos e recebimentos, controlando o saldo de caixa;
  • Crédito e cobrança: repensar a concessão de crédito aos clientes e cuidar do recebimento dos créditos concedidos;
  • Contas a receber e a pagar: controlar as contas que devem ser recebidas, relativas às vendas a prazo, e contas a pagar, relativas às compras a prazo, impostos e despesas operacionais.

Por outro lado, é extremamente comum que as empresas deixem de realizar uma adequada gestão financeira. Acompanhe as principais consequências desses atos:

Problemas e obstáculos decorrentes de uma Gestão Financeira ineficiente

  • Não compreensão dos custos das fontes de financiamento;
  • Não compreensão dos ciclos financeiros e operacionais da empresa;
  • Falta de integração entre as políticas de vendas e as políticas financeiras;
  • Deficiência na política de estoques;
  • Deficiência de registros adequados (valor dos estoques das mercadorias, saldo do caixa, valor das contas a pagar e das contas a receber, volume das empresas fixas e financeiras);
  • Ausência de compreensão do capital de giro (CG), necessidade de capital de giro (NCG), financiamento do capital de giro (FCG);
  • Falta de conhecimento acerca do valor patrimonial da empresa;
  • Falta de elaboração do Demonstrativo de Resultados mensais, que objetivam conhecer melhor os lucros e prejuízos;
  • Inconsistência nos cálculos dos preços de venda;
  • Falta de definição de retiradas dos sócios;

É possível notar que todas as inocorrências descritas acima acontecem, muitas vezes, porque os responsáveis envolvidos possuem pouca experiência em gestão financeira, e isso afeta diretamente nos resultados.

Confira a importância do cumprimento das obrigações acessórias empresariais.

Na maior parte das vezes, as atividades têm início em pequenas dimensões e, conforme os negócios crescem e desenvolvem-se, a gestão financeira passa a não acompanhar tal crescimento, já que os gestores não contam com os conhecimentos precisos na área de gestão, e se envolvem excessivamente com outros segmentos, como produção ou vendas, esquecendo-se que sem caixa não há como produzir ou vender.

Publique no DOU através de Agência de Publicidade Legal

Através da publicidade legal é possível publicar nos veículos de comunicação mais importantes do país: Os Diários Oficiais da União, dos Estados e dos Municípios.

Conheça a Diário Serviços, agência de publicidade legal, e saiba como publicar no DOU.

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *