Economia Colaborativa: um novo modelo empresarial

publicidade legal

Saiba do que se trata, como funciona e o que objetiva a economia colaborativa. Confira também como realizar publicidade legal no DOU.

A forma como a economia vem mudando, com novos hábitos de consumo é, em grande parte, por conta das transformações ocasionadas pela Internet.

Tais mudanças na organização de recursos e tudo o que elas acarretaram originou o que tem se chamado de economia da colaboração.

Se antes dessas mudanças as empresas se baseavam na constituição de muitos ativos é porque essa era a maneira de obter vantagens a partir da redução de custos de transição.

Nessa nova realidade, as empresas que surgiram são capazes de criar produtos e serviços usando a capacidade existente de maneira mais ágil e eficiente.

Saiba mais: Importância do cumprimento das obrigações acessórias empresariais

 

Mas afinal, o que é economia colaborativa

Economia colaborativa é a ação de dividir o uso ou a compra de serviços de maneira facilitada, por meio de aplicativos que fornecem uma maior interação entre pessoas.

Na economia da colaboração vive-se a mesma situação de uma escassez de economia, com o diferencial que a solução não é através da produção de mais bens e ativos. Por outro lado, essa equação é resolvida a partir da colaboração e compartilhamento, que criam uma abundância de recursos que até então eram subutilizados.

É através desse novo conceito de economia que surgiram grandes empresas, como Uber e Airbnb, por exemplo, que organizam recursos e facilitam a colaboração.

Isso ocorreu graças a uma forma diferente de utilizar ativos entre:

  • O privado e o público;
  • O exclusivo e o compartilhado;
  • O uso comercial e a utilização pessoal.

A partir desse cenário, o importante não é possuir um novo ativo, mas utilizar os já existentes de forma sábia. O que possibilitou toda essa transformação foi a subtração de uma das maiores vantagens competitivas das grandes empresas: o custo de transação.

A internet ajudou ao facilitar a organização para uma utilização mais eficaz dos recursos existentes, sem ter que investir em uma grande estrutura física para isso.

Saiba mais: Como abrir uma empresa no modelo S.A. ou LTDA

 

Como a economia colaborativa funciona

Partindo do pressuposto de que, no mundo, já existe tudo o que a humanidade necessita, a única questão que permeia essa afirmação é referente à utilização da capacidade excedente ao consumo.

De forma didática, é possível observar que um carro roda a maior parte do tempo vazio; dentro de casa sempre existe um quarto ou sofá vazio que poderia acomodar um visitante; ao comprar um bem, ele quase nunca terá sua capacidade totalmente utilizada; entre outros.

Todas as situações mencionadas acima possuem capacidade excedente criada a partir do consumo.

A partir do uso de smartphones, criou-se uma rede colaborativa para tirar melhor proveito de bens e serviços que contam com capacidade além da que já é utilizada, e tudo isso graças aos APPs (plataformas) que possibilitam esse tipo de interação entre quem vende um bem ou serviço e quem compra.

Saiba mais: O capital de giro para a boa administração financeira

Neste ciclo de colaboração, todos os agentes envolvidos ganham:

  • A empresa que construiu a plataforma, que possibilita a colaboração, ganha uma porcentagem, mesmo que não comercialize diretamente o item disponibilizado;
  • O colaborador, que possui um recurso e pode monetizá-lo, como o motorista de Uber, por exemplo;
  • O consumidor, que não precisa lançar mão de um bem completo, já que utilizará apenas uma parcela dele, economizando bem mais do que em outras soluções;
  • O meio ambiente, já que há uma melhor utilização dos recursos já disponíveis.

Publique no DOU por meio de agência de publicidade legal

Por meio do Diário Serviços (DSI), agência de publicidade legal, é possível contar com auxílio profissional na publicação de diversos materiais no Diário Oficial da União, do Estados e dos Municípios.

Navegue pelo site para obter maiores informações sobre publicidade legal.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *