Normas regulamentadoras: entenda para que servem

Normas regulamentadoras

As normas regulamentadoras, também conhecidas como NRs, fazem parte de um capítulo da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e foram consideradas vigentes em 1977.

Ao longo das últimas décadas, elas passaram por algumas revisões, a fim de serem alinhadas à atual realidade do trabalhador. Assim, levou-se em consideração mudanças de infraestrutura, tecnológicas, socioculturais e de segmentos.

Tem dúvidas sobre o assunto? Entenda para que servem as normas regulamentadoras, quais são seus objetivos, por que é imprescindível se adequar a elas e como realizar a publicidade legal pela internet.

O que são normas regulamentadoras?

Basicamente, as normas regulamentadoras são diretrizes desenvolvidas, especificamente, para assegurar a saúde e a integridade física e moral dos colaboradores das empresas.

Após terem sido criadas e veiculadas, em 1977, as NRs passaram a nortear o trabalho dentro das empresas, e hoje garantem que os funcionários recebam orientações acerca das medidas que devem ser adotadas para garantir a segurança de todos.

Os objetivos principais das normas regulamentadoras

Os principais objetivos das NRs estão em:

  • Tornar o ambiente de trabalho mais seguro para que o colaborador possa atuar;
  • Desenvolver uma regulamentação que oriente ações visando a prevenção de riscos laborais;
  • Prevenir acidentes por meio de instruções e orientações aos colaboradores, que devem adotar as devidas precauções para evitar problemas e doenças ocupacionais;
  • Promover a integridade física dos funcionários, principalmente quando o trabalho apresentar algum risco;
  • Promover políticas de saúde e segurança do trabalho no ambiente empresarial.

Por que se adequar às normas regulamentadoras?

Atualmente, existem 37 normas regulamentadoras, sendo 35 vigentes. Por serem várias e apresentarem detalhes, é fundamental que as empresas se mantenham atentas.

Em casos de não adequação às NRs, a empresa pode ter que arcar com multas, mas as penalidades chegam a ser ainda mais severas, apresentando punições orientativas e corretivas, chegando até mesmo à interrupção de atividades.

Importante: mesmo que uma atividade orientada pelas normas seja exercida por um prestador de serviços, é de responsabilidade da empresa contratante garantir a segurança e a saúde de seus terceirizados.

Fique sempre atento às normas regulamentadoras

É muito importante ressaltar que as NRs foram criadas para preservar a integridade física e moral do colaborador. Com elas, é possível praticar todas as medidas de segurança necessárias para um ambiente seguro e livre de riscos.

Além de ser benéfico para o colaborador, o cumprimento das normas regulamentadoras é importante para a própria empresa, que passa a contar com o trabalho de um funcionário que se sente seguro e, consequentemente, mais motivado a produzir.

Saiba como fazer a publicidade legal de materiais relacionados às normas regulamentadoras

Empresas dos mais diversos segmentos precisam realizar a publicidade legal de materiais relacionados às normas regulamentadoras, tendo em vista a sua importância e a de manter a comunicação com colaboradores e população.

Dessa forma, as empresas podem contar com a DSI, que é especializada em publicidade legal e tem time apto a realizar publicações em Diários Oficiais, a fim de comunicar informações, editais, documentos e tudo o que for considerado relevante aos colaboradores e à população.

Pelo site, é possível entrar em contato e saber como a DSI pode auxiliar no processo de publicidade legal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *