Conheça a Lei 14133 e quais suas diferenças para a Lei 8666

PUBLICADO EM 11/12/2023

Advogado estudando documentos representando a lei 14133

O panorama legal brasileiro é vasto e intricado, especialmente no que diz respeito às normas que regem as contratações públicas. Duas leis cruciais nesse contexto são a Lei 14.133 e a Lei 8.666.

Neste artigo da DSI Publicações, entenda as particularidades da Lei 14.133, conhecendo suas principais características e, em seguida, estabelecendo comparações fundamentais entre as duas legislações.

Conheça a Lei 14.133

A Lei 14.133, promulgada em 1º de abril de 2021, veio para modernizar o ambiente das contratações públicas no Brasil.

Substituindo a Lei 8.666, que há muito tempo regia esse cenário, a nova legislação busca simplificar procedimentos, promover a eficiência e alinhar as práticas do setor público aos padrões internacionais.

Principais características da Lei 14.133

As principais características da Lei 14.133, que entrou no lugar da Lei 8.666 são:

  • Modalidades de licitação: a nova lei trouxe a criação de modalidades específicas de licitação, como o Diálogo Competitivo, a Licitação Integrada e o Procedimento de Manifestação de Interesse;
  • Fases do procedimento licitatório: a Lei 14.133 reorganiza as fases da licitação, introduzindo etapas como Planejamento da Contratação, Procedimento de Manifestação de Interesse, Licitação, Celebração do Contrato e Execução do Contrato;
  • Diálogo competitivo: uma das inovações mais marcantes, o Diálogo Competitivo permite a interação entre a administração e os licitantes para desenvolver uma solução mais adequada às necessidades públicas;
  • Padrões internacionais: buscando alinhar as práticas brasileiras aos padrões internacionais, a Lei 14.133 traz elementos inspirados em legislações estrangeiras bem sucedidas.

Diferenças entre as Leis 14.133 e 8.666:

É claro que a  Lei de Licitações 14.133/2021 apresenta diversas diferenças em relação à Lei 8.666/1993. As principais são:

  • Tipos de licitação: Enquanto a Lei 8.666 prevê as licitações conhecidas como Concorrência, Tomada de Preços, Convite, Concurso e Leilão, a Lei 14.133 inova com a inclusão de modalidades mais específicas;
  • Protocolos licitatórios: a reorganização das fases busca uma maior eficiência, destacando-se o Planejamento da Contratação como uma etapa crucial na nova legislação.
  • Alinhamentos estratégicos: a nova lei prevê uma adição de diálogos significativa, permitindo a interação entre a administração e os licitantes para desenvolver soluções mais eficazes;
  • Prazo de publicidade: a Lei 14.133 ampliou o prazo de publicidade das licitações, oferecendo maior transparência e tempo para os interessados;
  • Critérios de julgamento: a nova lei introduz critérios mais flexíveis de julgamento, permitindo a avaliação de propostas com base em fatores além do preço, como inovação e sustentabilidade.

Em constante evolução, o ordenamento jurídico brasileiro reflete a busca por práticas mais eficientes e alinhadas aos desafios contemporâneos. A transição da Lei 8.666 para a Lei 14.133 representa um marco nesse sentido, introduzindo inovações significativas nas contratações públicas.

Conhecer essas leis é essencial para todos os agentes envolvidos no cenário de licitações, proporcionando uma compreensão clara das regras que regem esse importante campo do direito administrativo brasileiro.

Publicando avisos de licitação com a DSI agência de publicações

Em um cenário dinâmico de mudanças legislativas, compreender as nuances das leis que regem as contratações públicas é vital para todos os envolvidos, sejam atores da administração pública ou gestores de empresas.

A transição da Lei 8.666 para a Lei 14.133 marca um momento significativo nesse contexto, introduzindo inovações que visam aprimorar a eficiência e a transparência nas licitações.

Nesse contexto, a DSI Agência de Publicações oferece auxílio essencial para aqueles que buscam publicar aviso de licitação nos diários oficiais. Com expertise no campo das publicações legais, a DSI simplifica e agiliza o processo, assegurando que as informações necessárias alcancem seu público-alvo de maneira eficaz e em conformidade com os requisitos legais.

Conte conosco para simplificar o caminho e garantir que sua comunicação oficial seja realizada de maneira eficiente e dentro das normas estabelecidas.

Confira também: Balanço patrimonial ativo e passivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *