Programa Jovem Aprendiz: entenda os benefícios

PUBLICADO EM 08/05/2023

Jovem trabalhando após ingressar no Programa Jovem Aprendiz.

O início da atividade profissional é um momento de grande importância e que pode ser difícil para a maioria dos jovens. Para facilitar esse momento, existe o Programa Jovem Aprendiz, que é uma forma legal e simplificada de adentrar no mercado de trabalho.

Para entender melhor sobre o assunto, saiba o que é o Programa Jovem Aprendiz, como ele funciona, quem pode participar e confira as vantagens que ele oferece às empresas e aos aprendizes. Confira!

O que é o Programa Jovem Aprendiz?

O Programa Jovem Aprendiz foi criado pela Lei 10.097/2000 e é destinado à criação de vagas no mercado de trabalho para os jovens obterem conhecimentos técnicos e práticos na realização de atividades.

Sendo assim, é um programa que visa facilitar a transição de jovens alunos da escola para o mercado de trabalho.

Quem pode se tornar um jovem aprendiz?

Quem estiver matriculado em uma escola, tiver frequência escolar dentro do regular e tiver de 14 a 24 anos pode ser um candidato ao Programa Jovem Aprendiz. Porém, se for uma pessoa com deficiência, o requisito da idade máxima não é aplicado.

Como funciona o Programa Jovem Aprendiz?

A pessoa inserida no programa está apta a trabalhar em uma empresa do Brasil com uma carga horária reduzida de trabalho.

As empresas que desejam abrir suas portas para o programa devem realizar um cadastro no programa de aprendizagem e ter a orientação de uma instituição inserida no Cadastro Nacional de Aprendizagem, como o SENAI e o SENAC.

Quais são os benefícios do Programa Jovem Aprendiz para a empresa?

As empresas que aderem ao Programa Jovem Aprendiz têm uma série de vantagens. Algumas das principais são:

Benefícios fiscais

O recolhimento do FGTS sobre o pagamento feito ao aprendiz existe, porém é menor do que o normal de 8%. Nesses casos, a empresa recolhe apenas 2%.

Linhas de crédito

Mais um benefício é que existem financiamentos e linhas de crédito destinadas a microempresas que fazem parte desse programa. Essa vantagem existe porque a empresa que colabora com o desenvolvimento profissional do jovem aprendiz está atuando em prol do desenvolvimento social e merece uma retribuição.

Sem aviso prévio

No caso de o contrato ser rescindido, não há exigência de pagamento de multa. Além disso, o prazo do contrato é determinado, o que é positivo para o planejamento da empresa e para suprir lacunas pontuais.

Criatividade e diversidade

Outra vantagem para a empresa é poder formar equipes diversas do ponto de vista geracional, com pessoas de diferentes pontos de vista. Isso é importante para a cultura organizacional e para o lado criativo da equipe, impulsionando o engajamento.

Contribuição social

Fazer parte desse programa é um ato de contribuição social, já que, por meio das vagas abertas na empresa para serem preenchidas por jovens aprendizes, a companhia impulsiona a formação profissional do jovem e abre as portas do mercado de trabalho.

Com isso, o programa se torna uma oportunidade de employer branding, fazendo com que a sociedade tenha uma melhor percepção em relação à empresa e sua responsabilidade social.

Quais são os benefícios de um jovem se tornar jovem aprendiz?

Assim como a empresa tem diversos ganhos, o jovem aprendiz também tem. Dentro disso, um dos principais benefícios para os jovens participantes é a oportunidade de ser inserido no mercado de trabalho, mesmo sem experiência.

Afinal, em vagas de ampla concorrência, a experiência acaba sendo um fato importante e, por muitas vezes, determinante em uma contratação.

Com isso, o jovem adentra o espaço profissional e consegue ir se desenvolvendo e adquirindo experiência para futuras contratações.

Dessa forma, o Programa Jovem Aprendiz é algo muito importante tanto do ponto de vista dos estudantes, que buscam uma vaga remunerada, como para as empresas que abrem as portas para esse programa.

Conheça a DSI Publicações e saiba como funciona o serviço de publicidade legal. Navegue pelo site e faça a sua publicação!

Veja mais: Tipos de empresa | lei 6938/81 resumo | Certificado de conclusão ensino médio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *